Karma

A palavra karma vem do sânscrito e significa ação. O conceito de karma inclui todas as nossas ações de corpo, palavras e pensamentos. Ações positivas geram resultados positivos, ações negativas, resultados negativos e ações nem positivas nem negativas, resultados neutros.

O que define se uma ação é positiva ou negativa é a motivação, ou seja, a intenção através da qual a ação foi praticada. Ações positivas são as ações guiadas por emoções positivas como a gratidão, o amor, a humildade, a compaixão e cuja base da motivação é dar felicidade ou aliviar o sofrimento dos outros. Ações negativas são ações guiadas por emoções negativas como a raiva, o ciúme, a arrogância, a inveja, o medo e cuja base da motivação é causar sofrimento para os outros.

Quanto mais realizamos determinado tipo de ação, mais criamos a força do hábito de repetir aquela ação. Quanto mais mentiras eu disser, mais fácil será mentir. Quanto mais eu praticar a generosidade, mais fácil será doar.

Nossas ações não terminam no instante em que paramos de fazê-las. A ação em si termina, mas a energia, a força criada por ela continua como uma semente que plantamos. O carma não é estático. Um carma negativo pequeno pode se tornar um carma negativo grande e uma ação positiva pequena pode se transformar em uma ação positiva grande se for cultivada.

Para que uma ação, positiva ou negativa, seja completa e tenha mais força é necessário: a intenção de praticar a ação, praticar a ação até completá-la e regozijar por tê-la praticado.

É impossível experimentar qualquer sensação de sofrimento ou de felicidade sem ter criado, no passado, o carma para isso.

Todas as nossas ações de corpo, as palavras que dizemos e os pensamentos que temos ficam gravadas em nossa mente muito sutil e, mais cedo ou mais tarde, trarão resultado.

favicon