As Quatro Nobres Verdades

As Quatro Nobres Verdades foram os primeiros ensinamentos de Buda e são chamadas dessa forma porque foram percebidas pelos seres que eliminaram o próprio sofrimento, considerados, por isso, seres nobres. São elas:

1. Sofrimento
Primeiro é necessário reconhecer o próprio sofrimento, reconhecer a própria doença. Vivemos em uma busca incessante por sensações que nos tragam bem-estar e fugimos das sensações desagradáveis. Mas a felicidade que encontramos, seja nos relacionamentos, nos prazeres, nas coisas materiais ou no reconhecimento de nossa imagem, não é duradoura. Nosso corpo, posses e imagem estão em constante mudança e, mais cedo ou mais tarde, temos de nos separar das pessoas, objetos e status que amamos. É inevitável encarar o sofrimento da doença, do envelhecimento e da morte.

2. Causa do sofrimento
Uma vez que conhecemos a doença, devemos reconhecer e abandonar as causas da doença. O que causa o estado de sofrimento em que nos encontramos neste momento são as nossas aflições mentais, também chamadas de venenos mentais, e todas as ações que fizemos guiados por elas. Ou seja, o sofrimento que experimentamos hoje é causado pela raiva, pela ignorância e pelo desejo e por todas as outras emoções aflitivas que surgem destas três, e que nos levam a ter pensamentos, palavras e atitudes que trazem como resultado o sofrimento.

3. Cessação do sofrimento
Reconhecemos nossa capacidade de eliminar nossas aflições e alcançarmos um estado de profunda paz interior. Através da transformação de nossa mente é possível atingirmos um estado de satisfação permanente. A cessação é o resultado do caminho que, quando seguido, leva ao fim definitivo do sofrimento.

4. Caminho para a cessação do sofrimento
O caminho para o fim do sofrimento está em reconhecer as próprias qualidades e desenvolvê-las, abandonando os venenos mentais. O caminho para a cessação envolve desenvolver de maneira gradual qualidades como o amor, a compaixão, a alegria, a humildade, a generosidade e a sabedoria ao seu máximo potencial e abandonar completamente a raiva, o orgulho, a inveja, o ciúme, a arrogância e outras emoções que nos trazem sofrimento.

favicon